Trocar experiência e discutir como crianças/adolescentes podem interferir no orçamento e como as entidades no Brasil e África do Sul têm trabalhado esse tema. Esse é o objetivo da vinda de sete sul-africanos – dois adultos e 5 adolescentes – ao Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca). As atividades do intercâmbio acontecerão de hoje (dia 9) até o dia 15.

Amanhã (10), os adolescentes sul-africanos, em companhia dos adolescentes da Rede OPA!, farão um passeio diferente por Fortaleza, comparando os equipamentos sociais da periferia com os das áreas nobres da cidade e percebendo as desigualdades de Fortaleza. A saída será às 9horas, do prédio do Cedeca. No percurso, bairros como Pirambu, Antônio Bezerra, Parangaba, Edson Queiroz e Aldeota.

Os adolescentes da África do Sul integram a ONG Idasa. No Cedeca, terão contato com os adolescentes da Rede OPA – Orçamento e Participação Ativa, que acompanham, monitoram e apresentam propostas ao orçamento municipal destinado a ações voltadas para infância e adolescência. A experiência do Cedeca nessa área, com adolescentes, teve início em 2003 e segundo os visitantes serviu de inspiração para o trabalho na África do Sul.

Durante o intercâmbio, acontecerão oficinas sobre metodologias de acompanhamento de orçamento com crianças e adolescentes e discussão sobre a situação da infância nos dois países.

Mais informações:
Margarida Marques (Cedeca) – 3252-4202/ 8815-6668

Assessoria de Comunicação
Renata Soares – 3252-4202/9926-6828

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *