No dia 3/03, a partir das 15h, pais, estudantes, professores e representantes da Comissão de Defesa do Direito à Educação estarão reunidos na sede da EMEIF João Paulo II, no Conjunto Ceará, para reivindicar a reforma da escola. Foram convocados para a reunião a Secretaria Municipal de Educação (SME) e o distrito de educação da Secretaria Executiva Regional V (SER V).

A reclamação da comunidade escolar é que a Prefeitura Municipal iniciou obras de reforma na escola, mas não terminou e o que foi feito no equipamento não proporciona condições adequadas de trabalho para os professores, pois a escola é quente, sofre alagamentos nos dias de chuva, contém materiais de construção espalhados por ela, não tem refeitório e não há isolamento total entre as salas, fazendo com o que o barulho de uma interfira na outra. Os integrantes do grupo afirmam que, caso as reivindicações não sejam atendidas, não iniciarão as aulas no começo do período letivo, previsto para o dia 23 de março.

A mesma situação é evidenciada em outras regiões de Fortaleza. No mês passado, cerca de 60 pessoas, participantes de movimentos populares e moradores do Conjunto Palmeiras e Parque Iracema realizaram um ato em frente à sede da Secretaria Municipal de Educação – SME para reivindicar a construção de duas escolas nos bairros. No Conjunto Palmeiras, encontram-se uma escola da prefeitura – quase finalizada, mas com obras paradas há um ano- e uma creche finalizada, mas que ainda não está é funcionamento. No Parque Iracema, a reivindicação é para que seja construída uma escola de educação infantil e ensino fundamental no bairro. A EMEIF João Paulo II situa-se na AV C, nº 1381, 2 ª Etapa, Conjunto Ceará.

Contato: Márcio Alan (Assessor Jurídico do Cedeca e integrante da Comissão de Defesa do Direito à Educação) 85-91316343 e 85-88653391

Aline Baima
Jornalista Mtb 1702 JP CE
Assessora de Comunicação
Cedeca Ceará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *